14 dezembro, 2006

Um bonito coração










Um jovem estava no centro da cidade, proclamando ter o coração mais belo da região. Uma multidão cercou-o e todos admiraram o seu coração. Não havia marca ou qualquer outro defeito. Todos concordaram que aquele era o coração mais belo que já tinham visto. O jovem ficou muito orgulhoso pelo seu belo coração.
De repente, um velho apareceu diante da multidão e disse:- Por que é que o coração do jovem não é tão bonito quanto o meu?A multidão e o jovem olharam para o coração do velho, que estava batendo com vigor, mas tinha muitas cicatrizes. Havia locais em que pedaços tinham sido removidos e outros tinham sido colocados no lugar, mas estes não encaixavam direito, causando muitas irregularidades. Em alguns pontos do coração, faltavam pedaços.
O jovem olhou para o coração do velho e disse:- O senhor deve estar a brincar... Compare os nossos corações. O meu está perfeito, intacto e o seu é uma mistura de cicatrizes e buracos!
- Sim, disse o velho. Olhando, para o teu coração parece perfeito, mas eu não trocaria o meu pelo seu. Cada cicatriz representa uma pessoa para a qual eu dei o meu amor. Tirei um pedaço do meu coração e dei para cada uma dessas pessoas. Muitas delas deram-me também um pedaço do próprio coração para que eu colocasse no meu, mas, como os pedaços não eram exatamente iguais, há irregularidades. Mas eu estimo-as, porque me fazem lembrar do amor que compartilhamos. Algumas vezes, dei pedaços do meu coração a quem não me retribuiu. Por isso, há buracos. Eles doem. Ficam abertos, lembrando-me do amor que senti por essas pessoas... Agora entendes o que é a verdadeira beleza??
O jovem ficou calado e lágrimas escorriam pelo rosto. Ele aproximou-se do velho. Tirou um pedaço do seu perfeito e jovem coração e ofereceu ao velho, que retribuiu o gesto.O jovem olhou para o seu coração, não mais perfeito como antes, mas mais belo que nunca. Os dois abraçaram-se e saíram caminhando lado a dado.
Como deve ser triste passar a vida com o coração intacto.
Partilha o teu coraçao com os outros!!

2 comentários:

Irene disse...

E tu aqui, nos deixas também um pedacinho do teu coração...

Hoje, é também para todos, um dia muito especial...
Tu, nossa amiga e colega de aventuras, brincadeiras e trabalhos, hoje tu fazes anos... Hoje comemoramos a tua VIDA que nos foi dada a partilhar...

Beijinhos Ritinha
Que continuemos a ver esse teu sorriso lindo, que tantos nos encanta, essa alegria que nos contagia, essa vontade de viver que nos inebria...

MRelvas disse...

RAPARIGA DESAPONTADA COM O AMOR

Podemos medir temperaturas,
medir a nossa miséria
no brilho de
uma fina linha de mercúrio,
tal como podemos obter a medida
do tempo e
dos nossos corpos.

Qualquer que seja o método
que utilizemos para as conseguir,
temos de conhecer as nossas limitações.

Mas tu, tu pensas
que és o centro,
que todas as coisas,
coisas pequenas e grandes,
giram à tua volta.

Penso que é altura de saberes:
o centro não és tu.
E aquele que realmente o é,
nem mesmo ele tem a certeza do amor.

E, porque é que não consegues ver isso?

Então para que me serve um coração?

Está lá para medir
o cosmos,
e o bater de outros corações,
e o mercúrio.


Papa João Paulo II